Um estudo mostrou que depois de 10 semanas de um programa de meditação, 65% dos pacientes que sofriam de dor crônica apresentaram redução igual ou maior que 33% no índice de classificação de dor, e 50% dos pacientes apresentaram redução igual ou maior que 50%.
De acordo com o neurologista Daniel Ciampi , a meditação ajuda a controlar as áreas do comportamento e do raciocínio da dor. Segundo o médico, depois de um ano de dor lombar, a representação da dor não está mais na sensibilidade. Ela migra para depressão, ansiedade, dores em outras partes do corpo. Por isso, para algumas pessoas, a meditação acaba ajudando a eliminar a dor.
Eu não sei meditar, e agora? O melhor é iniciar com meditações guiadas, existem diversas no youtube com propostas diferentes. Vale a pena experimentar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *